22 de dezembro de 2013

367

Um dos perfis que mais gosto no instagram é o da constanza pascolato, com fotos como esta..


E uma coisa leva a outra..associação de ideias, e chego ao que considero o conceito de pessoas chiques. 

No meu coceito de chique, não cabe oportunistas ou hipócritas, mas cabe sinceros com empatia. Meu chique ri de verdade, sabe a medida certa das palavras e diz coisas difíceis e verdadeiras com carinho. Meu chique tem opinião própria e não precisa chamar a atenção.. porque não faz questão de ser o centro das atençōes. Meu chique é chique mesmo de camiseta e tênis. O chique tá no jeito de andar, de movimentar as mãos, de olhar nos olhos, em dizer obrigado porque sabe que nem todo mundo está a sua disposição. O chique não estaciona em fila dupla, luta pelos seus direitos sem invadir o direito dos outros. Não acha legal ter previlégios sem mérito, diz bom dia de A a Z na escala social. Chiques são ecléticos, misturam marcas de todos os preços, criam uma identidade própria. Chiques definitivamente não tem preconceitos, não questionam atitudes pela cor da pele ou marca do sapato. chiques são educados pra aceitar opiniōes diferentes das suas. Leem jornal e poesia, dão flores por agradecimento...Ensinam seus filhos a fazer parte do universo, e não a serem o centro dele.

Sim, já conheci gente chique na vida, foram poucos, mas todos, além da inteligência... tem uma sabedoria de vida absurda. 

Chiques sofrem, são felizes, e tiram de cada pedaço de vida, um charme a mais..

Postar um comentário