9 de outubro de 2013

347

Pense bem, não é erro de português não! É filosofia! 

Postar um comentário